Reportagens

Gamers buscam alternativas mais baratas para continuar consumindo jogos

Por Beatriz Balthazar

Segundo a Pesquisa Game Brasil de 2016, 77,6% dos gamers optam por comprar jogos usados por conta do preço mais atrativo.  A busca por alternativas mais econômicas na hora de consumir jogos está fazendo com que os brasileiros recorram a varejos onlines, grupos de venda e troca de jogos e jogos sem mídia física.

O preço de lançamento de um jogo em mídia física pode facilmente chegar nos
R$250,00. Em compensação, esse mesmo jogo, se adquirido por download, pode ter uma diferença de mais da metade do preço. Por este motivo, Felipe Andrade optou por consumir jogos para PC utilizando lojas virtuais. A loja Steam propõe disponibilizar jogos facilmente, contendo uma variedade enorme de gêneros e títulos para escolher. “Eu, particularmente, evito piratear o máximo possível, então para mim é uma vantagem enorme. Você estimula o mercado de jogos e não precisa tirar muito do seu bolso para isso. Não sei dizer ao certo o quanto eu já gastei, mas com certeza já economizei bastante”, conclui.

12999655_1048874915158822_1634910995_o

Interface da Steam Fonte: Beatriz Balthazar

Em 2014,  a  Nintendo – empresa japonesa fabricante de jogos – encerrou seus contratos com o Brasil. Desde então os preços de seus produtos não abaixam, conta o lojista Vinicius Fernandes.

Alternativas
Com a influência direta do dólar  nos preços dos jogos, a troca está sendo uma saída econômica para aqueles que possuem um grupo de amigos com gostos similares, como é o

f86bdbf4-ddb4-48a8-ab77-b49a42cb133e

Gabriel Pereira é jogador de Xbox 360 e também de Nintendo Wii (Foto: Beatriz Balthazar)

caso de Gabriel Pereira. A troca de jogos, principalmente de Xbox 360, entre seus amigos virou um assunto comum. “Quando zero um jogo e me canso dele, procuro saber de alguém que o queira. Então, vejo se ele tem algum que queira trocar também” exemplifica Gabriel. Outra opção para ele é o empréstimo: “caso um amigo queira um jogo meu, mas eu não queira trocar ele por algum dele, eu apenas empresto”. Por não envolver dinheiro na hora de emprestar ou trocar os jogos entre conhecidos, Gabriel afirma ser uma das opções mais viáveis para ele.

alternativas-jogos

Editado por Gabriel Furlan


Veja mais matéria sobre Reportagens

Detergente é o vilão no Tietê


Lixo doméstico é responsável por 85% da degradação do rio


Lavagem com água reduz resíduos nos alimentos


Hortaliça mais popular na mesa dos brasileiros pode ter resíduos eliminados apenas com lavagem


A moda consciente que desacelera o guarda-roupa


Você sabia que por trás de cada roupa há uma história? Conheça o Slow Fashion


Boas ações cotidianas ganham destaque na mídia


Atitudes como a do jogador Rodrigo Caio ganham destaque em discussão sobre ética


A tendência slow na alimentação


Redação Digitais Por Ana Luísa Tomba e Júlia Groppo            


Brechós virtuais atraem jovens na hora das compras


Redação Digitais Por Caroline Herculano e Raíssa Acácio No Brasil existem 14.590 empresas que vendem



Pesquise no digitais

Siga – nos

Leia nossas últimas notícias em qualquer uma dessas redes sociais!

Campinas e Região


Trânsito em Campinas

Mais Acessadas

Facebook

Expediente

Digitais é um produto laboratorial da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas, com publicações desenvolvidas pelos alunos nas disciplinas práticas e nos projetos experimentais para a conclusão do curso. O layout foi desenvolvido em parceria com o Departamento de Desenvolvimento Educacional (DDE) da instituição. Alunos monitores/editores de Agosto a Dezembro de 2017: Breno Behan, Breno Martins, Caroline Herculano, Enrico Pereira, Giovanna Leal, Láis Grego, Luiza Bouchet, Rafael Martins. Professores responsáveis: Edson Rossi e Rosemary Bars. Direção da Faculdade de Jornalismo: Lindolfo Alexandre de Souza.

Assinar por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar e receber notificações de novas publicações por e-mail.