Estilo de Vida

Atividade física na infância economizaria R$ 70 bilhões

 

De acordo com uma pesquisa da Escola Bloomberg de Saúde Pública, da Universidade Johns Hopkins, os Estados Unidos economizariam cerca de US$ 21,9 bilhões se crianças praticassem atividades físicas desde a infância. O realizador do estudo, Bruce Y. Lee, diretor executivo do Centro Global de Prevenção à Obesidade, desenvolveu modelos em um software que se baseiam em dados de 2005 até 2013, pelo Serviço Nacional de Saúde.

No Brasil, foi estimado que apenas 30 minutos de atividade física entre crianças do ensino fundamental, três vezes por semana, pouparia um valor aproximado de R$ 70 bilhões normalmente gastos em despesas médicas ao longo da vida.

Segundo dados do Ministério de Saúde, o índice de obesos do país aumentou em 60% na última década, o que abrange 18,9% da população adulta. Os estudos também mostram que mais da metade dos brasileiros está acima do peso.

Através de estudos da área de saúde, é possível notar que o alto incide de massa corporal, o IMC, de jovens de 18 anos continuará alto ao longo da idade adulta, aumentando os possíveis riscos de desenvolver doenças como diabetes e insuficiência cardíaca.

Além da questão financeira, a prática de atividades físicas entre crianças de 8 a 11 anos de idade reduziria o número de jovens obesos em 340 mil, o que significa uma redução de quatro pontos percentuais.

O educador físico Aldo Luis Lente, de 37 anos, dá aulas de educação física na escola E.M.E.F Ângela Cury Zákia em Campinas e destaca os benefícios do exercício durante a infância que perpetuam durante a vida adulta. “As crianças interagem umas com as outras, trabalhando em equipe a autoestima melhora, o peso fica saudável, algumas habilidades se desenvolvem e a postura e o equilíbrio melhoram muito também”, explica.

Segundo Aldo, as atividades auxiliam na assimilação de valores, respeito a normas e desenvolvimento de tolerância, aspectos frequentes na vida adulta. O investimento em atividades físicas traz benefícios a longo prazo, tanto na economia, como na saúde da população.

Por Nathália Bisson

Editado por Murilo Pellucci


Veja mais matéria sobre Estilo de Vida

Veganismo, uma nova forma de se alimentar


A gastronomia vegana exclui qualquer tipo de alimento de origem animal


A dança como um esporte


A modalidade atrai pessoas que buscam por atividade física


Mulheres buscam aulas de defesa pessoal


Mulheres buscam se defender caso aconteça algum tipo de assédio


Amor entre brasileiro e tailandesa vence distância


Eles conversaram por quase dois anos antes de finalmente se encontrarem pessoalmente


Tecnologias auxiliam jovens que sofrem com o transtorno


Estou à procura de um jovem que não sinta ansiedade! Se você tem de 18


Dieta de restrição ao glúten para pessoas não celíacas pode trazer problemas à saúde


Redação Digitais Pesquisadores das universidades de Harvard e Columbia, nos Estados Unidos, realizaram um estudo que



Pesquise no digitais

Siga – nos

Leia nossas últimas notícias em qualquer uma dessas redes sociais!

Campinas e Região


Trânsito em Campinas

Facebook

Expediente

Digitais é um produto laboratorial da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas, com publicações desenvolvidas pelos alunos nas disciplinas práticas e nos projetos experimentais para a conclusão do curso. O layout foi desenvolvido em parceria com o Departamento de Desenvolvimento Educacional (DDE) da instituição. Alunos monitores/editores de Agosto a Dezembro de 2017: Breno Behan, Breno Martins, Caroline Herculano, Enrico Pereira, Giovanna Leal, Láis Grego, Luiza Bouchet, Rafael Martins. Professores responsáveis: Edson Rossi e Rosemary Bars. Direção da Faculdade de Jornalismo: Lindolfo Alexandre de Souza.

Assinar por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar e receber notificações de novas publicações por e-mail.